Era Uma Vez

Era uma vez um homem que contava histórias. Ele contava histórias, porque as histórias estavam nos olhos dele quando ele olhava para as coisas. Ele amava a natureza, vivia perto dela e na natureza tudo tem história.
Uma pessoa qualquer pode ver uma laranja e dizer que é uma fruta… mas quem tem histórias nos olhos, vê que nessa fruta tem poesia, tem árvore, tem pessoas, tem lugares, tem histórias.
Esse homem teve uma filha, que herdou os olhos de histórias dele e mais, nasceu com os ouvidos de história também. Por onde ia (e ia para muitos lugares) ouvia histórias e guardava todas, na cabeça e no coração… essa filha teve uma filha também, que herdou os olhos, os ouvidos e o coração de histórias. Assim nasceu o ERA UMA.